1 de julho de 2008

DOCE CALAMIDADE

Cidade de Deadwood, no Wyoming, região das Montanhas Rochosas. A breve história (seis páginas) de Berardi e Milazzo transcorre em um saloon: caubóis, jogadores, prostitutas, música, bêbados e muito whisky em um ambiente enfumaçado. JANE, SWEET JANE foi publicada pela primeira vez em novembro de 1983, na revista Glamour International Magazine 11. KEN PARKER aparece, em pé, no canto esquerdo do quadro e, na mesa de jogo, Milazzo e Berardi.

Essa aventura foi republicada na Orient Express 21 (mai/1984), no volume Fantasticheria (Fantasia), coleção Albi Orient Express 24 (1987) e na KP Magazine 14 (nov/1993). Nas republicações a história foi remontada para quatro páginas.


João Guilherme

3 comentários:

Anônimo disse...

Oi JG!

Estou te escrevendo pelo fato de não terdes mencionado que Jane Sweet Jane tb foi republicada em Ken Parker Collection # 43. Esta edição data de 23 de novembro de 2006, a série de Lungo Fucile findou no número anterior - Faccia di Rame - assim, esse exemplar já vem com uma novidade: Abaixo do logo KEN PARKER, que até o álbum anterior era maior e em duas linhas e agora é menor e em apenas uma, tem a sub marca "presenta", pois a partir daí KP apresentaria as histórias não protagonizadas por ele, mas de autoria de seus "Pais". Também a partir desse álbum existe uma sub numeração, esse é o #1 de 3. A ordem de apresntação das histórias desse álbum segue:
Tiki;
Tom's Bar;
Fantasticheria.

Abraços caro Amigo!

PS.: Estou lembrado do que combinamos: Desenho e artigo do FR :-)

Sílvio Introvabili.

Fabiano "Dumbo" disse...

Irmão, seu blog está cada vez mais sensacional.
Desde que comecei a visitar, quero ler KEN PARKER.
Parabéns.

Lucas, fim do ano devo está de volta a Salvador, vou passar uns dias ai, pode?

E ai quero ler esses gibis. E vamos jogar muito "War"

Abraços

JoguL disse...

Grande Sílvio,
de fato, me esqueci de mencionar a belíssima KP Collection, da Panini Comics, que publicou toda a saga de Ken Parker, incluindo IMMAGINI e QUACK!(nºs 01 a 42) e as outras obras de Berardi e Milazzo (nºs 43 a 45, este último inclui OS CASOS DE CHERLOCK HOLMES, desenhados por Trevisan). Valeu pela lembrança, vou colocar uma nota no blog para que os demais visitantes tenham mais essa opção de ler essa enigmática (?) JANE, SWEET JANE.

Embora com atraso, li sua entrevista no Blogue do Tex (até deixei lá um comentário), o que só aumentou minha admiração por você.

Quanto ao que acordamos, em nenhum momento, pensei que você se esqueceu.

Grande abraço,
João Guilherme.