31 de janeiro de 2010






JoguL porque assinar João Guilherme de Lima fica comprido demais. Nasci em Cachoeira Paulista, mas é em Cachopau que quero ser plantado. Tenho 56 anos, 2 filhas, 3 pontes de safena e nenhum inimigo (compreendo se há quem discorde da última afirmação). Desenho, pinto e ainda vou aprender a bordar. Gosto de Ken Parker.

Graúna, tira do desenhista Henfil, publicada no jornal O Pasquim. Tratava dos problemas políticos no Nordeste e as personagens eram a Graúna, o Bode Orelana e o nordestino Zeferino. Seu desenho era feito de forma simples e ligeira, traço econômico característico de seu autor: a avezinha mais parecia um ponto de exclamação, do qual saíam duas perninhas e os grandes olhos.



KEN PARKERblog

6 comentários:

Lucas Pimenta disse...

Ficou excelente... excelente!!!

Faltou na bio dizer que é irmão/pai/amigo de um pentelho baiano! risos...

Adorei maninho... e quero o original!!!!

Amo você.

Parabéns.

AMoreira disse...

Finalmente o irmão mostrou a sua cara, ou o seu pincel, ou a sua pena, sei lá....artista plástico de grande talento, eu conheço sua obra em óleo sobre tela, suas favelas são magníficas!
Agora posso me deliciar com essa ilustração do saudoso Henfin, grande mestre do humor sarcástico.
Parabéns irmão!!!!!
Se o Lucas não sacasse tão rápido ia pedir esse original pra mim.
Mas o Lucas merece, principalmente pela divulgação desses artistas baiano que nos brindaram com excelente ilustração durante estas semana.
Um grande abraço irmão.

Cervantes disse...

Puxa vida, que adorável surpresa... Que o ômi tem certa aparencia do G. Berardi eu já tenho notado, mas agora...atacando de Milazzo... Maravilha, Jogul!!

Mande um e-mail seu, meu caro, meu computador desconfigurou geral e quando eu clico no seu perfil não consigo mais visualizar seu e-mail (problemas no out look). Tenho novas...

João Guilherme de Lima disse...

Vocês são generosos.
Já no fim da madrugada do dia 31, só tinha a idéia e um esboço da charge... pensei até em não participar, mas seria uma tremenda sacanagem comigo mesmo, da qual não me perdoaria tão cedo... Participar da 2ªHQbras foi mais emocionante (e importante) do que de muitas coletivas onde até fui premiado (honravam os três melhores colocados e sempre éramos dois...). Então foi um "vamos que tem gente atrás e o tempo está acabando", tão femural que o rifle Kentuchy ficou preto - risos - não dá pra passar borracha no nanquim.
Mas estou muito feliz, aquela sensação de "o carro parou e não perdi a carona".

Lucas, pra que comentar o que todos já sabem.

Em tempo: O original está à venda no ML, dé real - risos.

Abraço.

Nandinha disse...

Daddy this picture is AMAZING *o*
I love you so muuuuchhh

JoguL disse...

F(ê)ada,
você é ótima.
Bei...jão.