17 de janeiro de 2010



Lobby Card do filme Jeremiah Johnson, medindo 35,5 X 28 cm. Raridade que enriquece, ainda mais, minha Coleção Ken Parker. Presente do amigo André Portocarrero, de Cuiabá – MT –, grande admirador de Rifle Comprido.

João Guilherme

6 comentários:

André Portocarrero disse...

Foi um prazer presentear vc com este LOBBY CARD original de época...um tempo que o VENTO LEVOU...mas que está marcado fundo nos corações de quem o trilhou...não ví JEREMIAH JONHSON no cimema, mas sempre fui fascinado pela 7a arte, assim como sou pela 9a. Adorava acompanhr os lançamentos de filmes...ver os LOBBY CARDS fixados na porta de cinema...antecipando as cenas dos filmes...este em especial, antecipa o nosso KEN PARKER...até em desenho o LUNGO FUCILE...etc. Mágico...que belo presente nos proporcionou...um filme que foi além...

João Guilherme de Lima disse...

André,
meu carinho à personagem vivida por Robert Redford, que inspirou Berard & Milazzo, é extenção do meu amor por Ken Parker. No entanto, ter, nas mãos, esse documento do maravilhoso filme de Sidney Pollack; sentir, nas marcas do tempo e das taxinhas, sua importância histórica e relembrar o passado das salas de cinema dos anos 50/60/70 - meu passado - num desses pequenos cartazes, acredite, é muito emocionante.

Vou guardar esse lobby card de Jeremiah Johnson com destaque em minha coleção.

Obrigado!
Abraço.

JoguL disse...

André e amigos!
Exten"ç"ão foi desanimador, não? Coisa da emoção, espero... e que minhas filhas não leiam, como vou cobrar maior dedicação aos estudos.

André Portocarrero disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cervantes disse...

Fico duplamente feliz: em ver o Blog aí, vivo; e a alegria de João Guilherme com seu lobby card. Pudera: o poster é belo, cheira a história, ativa emoções, foi a "genesis" de Ken Parker...
Ah, em tempo: Jogul, vc já viu o pequeno resumo em formato de filme da Balada de Pat O´shane, no You Tube? Existe DVD disso para comprar?

João Guilherme de Lima disse...

Olá, Cervantes!
De fato, estou muito feliz com o presente que ganhei, a 2ª Semana do Quadrinho Nacional que estamos preparando (conhece alguém interessado em participar?), os novos amigos que fiz recentemente, entre eles, você... que também foi muito feliz em definir Jeremiah Johnson como a "genesis" de Ken Parker. Nada mais correto e perfeito.

Quanto à semi-animação de A Balada de Pat O'Shane, veja esse nosso posst: http://kenparker.blogspot.com/2009/06/lenda-urbana-que-nada-desenho-animado.html

Abraço.