13 de janeiro de 2008

Capa de KEN PARKER é peça de museu



Para executar a capa de GREVE (KP 58), Ivo Milazzo inspirou-se na obra Il Quarto Stato, do pintor italiano Giuseppe Pellizza da Volpedo. Na verdade, o Mestre inseriu KEN PARKER no lugar de um líder grevista. Ousadia que culminou numa das aquarelas mais belas do artista. Assinar o nome de Pellizza ao lado do seu foi, também, uma singela homenagem.

Óleo sobre tela, medindo 293 X 545 cms, a pintura representa a caminhada dos trabalhadores ao poder e encontra-se exposta na Cívica Galleria d’Arte Moderna, de Milão.

Giuseppe Pellizza (1868 – 1907) nasceu em Volpedo, pequeno centro de Alessandria, Itália. Concluiu Il Quarto Stato em 1901, utilizan
do a técnica divisionista. Há contradições quanto ao período de criação. Algumas fontes dizem que iniciou o trabalho em l898. Outras, afirmam que dedicou dez anos de sua vida ao quadro.

O Divisionismo, também denominado Pintura Óptica, Neo-Impressionismo ou Pontilhismo foi criado por Georges-Pierre Seacura (1859 – 1891), pintor francês, que acreditava que a arte deveria basear-se num sistema e conduziu o Impressionismo a uma fórmula rigorosa. Pode-se dizer que a teoria do Divisionismo foi a precursora da televisão e da imagem digital.





João Guilherme

5 comentários:

Anônimo disse...

Todo artista tem destas coisas.
Muitas vezes se depara com uma obra e pensa assim:
"Que obra admirável, como eu gostaria de tela feito".
Então ele procura uma maneira de incorporá-la ao seu trabalho.

AMoreira.

leilane disse...

Milazo é genial até nisso.
uma grande obra o quadro original, e que traduz simplismente toda a magia da história "greve".

show de materia e uma prova de que quadrinhos é cultura

leilane disse...

e que mulher tb pode ler qUADRINHOS!

JoguL disse...

Leilane,
mulher não só deve ler quadrinhos,
mas fazer como você: ler bons qua-
drinhos com Ken Parker e Julia.
É horrivel esse preconceito contra
os gibis (sou desse tempo)e, pior,
o eterno preconceito de que mulher
não pode isso ou aquilo. Vocês po-
dem tudo, como nós, homens. É só
sair em frente, cabeça erguida e doa a quem doer.
SEja bem vinda.
Abraço,
João Guilherme.

Alan disse...

Comprei essa história recentemente, pela sua indicação Lucas... Como tudo que vc me disse sobre KP eu já comprovei apenas nas duas primeiras edições que vc me emprestou (NAO vou devolver... he he he he), tenho certeza que essa é genial tb, assim como lar doce lar, outra nova aquisição minha...

Agora meu cofrinho vai ter que aumentar, pq graças a vc, minhas despesas aumentaram (julia e KP)

Abração

Alan