10 de janeiro de 2008

Dashiel Fox, duro de matar

Alto, magro, cabelos amarrados em um coque, bigodões, queixo pronunciado. Caçador, scout do exército norte-americano, o velho Dash está há um bom tempo longe de casa. Irreverente, avesso a um banho, quase sempre irônico em suas tiradas, a única coisa líquida que suporta é algo superior a 40 graus. Conheceu KEN PARKER em janeiro de 1869, quando este chegou a Forte Smith. Uma amizade sincera logo os uniu.

Porque não questionar, Dashiel Fox, talvez, tenha sido uma experiência de Berardi em encontrar um companheiro de aventuras para nosso herói?

Porém, nem tudo é alegria na vida desse velhote. Tendo participação em apenas seis episód
ios de toda a série, Dash é ferido gravemente em três deles e até dado como morto. Em MINE TOWN (KP-02) consegue fugir de um fuzilamento, mas é atingido duas vezes nas costas, tiros de um Winchester. Em KP-04 (HOMICÍDIO EM WASHINGTON) a situação é bem mais grave. Durante o massacre liderado por Ohieva, chefe Dakota, é ferido por uma lança que se crava no lado direito de seu tórax. Para KEN PARKER o velho amigo é mais uma das vítimas da trama diabólica de Donald Welsh e, somente em SOB O CÉU DO MÉXICO (KP-07), quase no final da história, é que, depois de uns sopapos trocados em quarto escuro, nosso herói descobre que, mais uma vez, o velho Fox sobreviveu. O reencontro é emocionante. Com a morte de Welsh, o “sortudo”, em GRANDE GOLPE EM SÃO FRANCISCO (KP-08), Dash resolve voltar para a família e o rancho. A despedida dos amigos se dá em KP-09 (CAÇADA NO MAR).

Rifle Comprido continua com suas aventuras...no Polo Norte, com Pat O'Shane, conhece Wild Bill Hickok, Touro Sentado, Custer, retorna ao lar e, um dia, resolve visitar o velho companheiro no Arizona. Encontra-o, novamente, envolvido com o exército (KP-40).

O conflíto com os apaches é inevitável e, mais uma vez, Dashiel é ferido, à queima roupa. Um tiro no abdomem, desferido por Chato. PARKER promete ao amigo agonizante deter o índio enfurecido. O episódio se conclui sem uma definição para o estado de saúde do corajoso scout.

A confirmação vem em A DOIS PASSOS DO PARAÍSO (KP-43), quando Rifle Comprido vai ao México, à procura de um arredio Harry Fox. Ao perguntar pelo pai, nosso herói lhe responde: “Está convalescendo depois de uma tremenda ferida na barriga”.


João Guilherme

3 comentários:

Rafael disse...

Dash é muito bom!

porém qual personagem em KP que não é?

genial

Anônimo disse...

Me agrada muitíssimo a forma com que o Blog esta comentando a saga e os personagens das aventuras do Ken Parker.
Nos faz relembrar os personagens, e "sacar" a continuidade que por vezes não percebemos, quando estamos lendo as histórias.
Mais um ponto para o Blog.
Parabéns.
AMoreira.

Fabiano "Dash" disse...

Kp é um personagem tão cativante, com um mundo tão cativante, de histórias prazerosas... é dificil entender como qualidade vende menos...

Parabéns aos criadores do blog... faltava isso na internet brasileira...

Agora vou ler um KP que deu saudades...