21 de janeiro de 2008

KEN PARKERBlog foi pensado para inovar. Nunca foi nossa intenção reapresentar as biografias de Giancarlo Berardi e Ivo Milazzo. Tampouco a cronologia de Rifle Comprido, a relação dos seus amigos, as dez melhores histórias, as piores capas e quais editoras publicaram nosso herói na Itália, no Brasil e em outros países. Tudo isso já foi feito e com muita competência por sites especializados do mundo todo. E todos sabemos onde encontrá-los. Acabaremos por trazer todos esses dados, mas de um modo bem informal, indiretamente. Queremos explorar o mundo de KEN PARKER. Um mundo que, editorialmente, já não existe há muito, afinal, FACCIA DI RAME, sua última aventura (que não obedece ordem cronológica) foi publicada em janeiro de 1998, exatos dez anos. Se agirmos como informativo, no máximo, em três meses não teremos utilidade. E viemos para ficar. Porque KEN PARKER ficará para sempre. Preso. Dentro de nós, kenparkerianos. Matérias como DIREITO E AVESSO, uma história verídica, COMO APAGAR ESTRELAS, QUANDO O MESTRE TREME serão uma constante. Não para denegrir, mas para mostrar situações, curiosidades e fatos que ocorreram nesses 30 anos. E queremos a sua participação. Discordando, divulgando sua arte, seu conhecimento sobre a série, suas observações. Façamos aqui um ponto de encontro. Nossa casa, para discutirmos e homenagearmos Rifle Comprido.


KENPARKERBlog


O caso da arte de Milazzo inédita na Itália

E todo esse blá, blá, blá tem seu porque: Uma revelação, no mínimo, interessante. Trata-se do caso da capa de O CASO DE OLIVER PRICE (KP 28). Na Itália, berço de Giancarlo Berardi, Ivo Milazzo e Rifle Comprido, a capa da edição supra-citada jamais foi publicada na íntegra. Na edição da Editoriale Cepim (mar-abr/1980) a quarta capa apresenta a propaganda do álbum O HOMEM DAS FILIPINAS, 27º volume da série Um Homem Uma Aventura, da mesma editora. A Parker Editore, quando relançou o episódio (ago/1991), na KEN PARKER Serie Oro, aproveitou a última capa para divulgar o número 1 da sua KEN PARKER Magazine. A Panini só aproveitou a arte de Milazzo na primeira capa da KEN PARKER Collection e, a aventura em questão, foi publicada junto com LAR DOCE LAR, na 14ª edição. O livro Lungo Fucile (Gisello Puddu – Mauro Giordani), Editoriale Mercury, traz a seguinte nota, “O desenho por inteiro está reproduzido no capítulo 4 do presente livro: Ivo Milazzo – biografia e perfil artístico”(pgs.152). No Brasil, a Editora Vecchi solucionou o problema imprimindo o mesmo desenho nas duas capas. Mas onde entra a tal revelação interessante? Na Coleção KEN PARKER, da Tendência/Tapejara (2000-2006). Toda a aquarela para o episódio O CASO DE OLIVER PRICE, está no número 28 do CLUQ, a única edição no mundo a divulgar o trabalho completo de Milazzo.






Não creio que a Turquia, outro país que deu (ou dá) bastante espaço para nosso herói, tire esse recorde de Wagner Augusto.

*Das primeiras 59 capas de KEN PARKER, apenas seis Milazzo não realizou por inteiro. São: O MAGNÍFICO PISTOLEIRO (KP 29), ASSALTO NA REGINALD STREET (KP 55), A PROPÓSITO DE JÓIAS E TRAPAÇAS (KP 56), O SICÁRIO (KP 57), GREVE (KP 58) e OS GAROTOS DE DONOVAN (KP 59).

**BOSTON (KP 54), edição da Cepim divulga em sua quarta capa A BALADA DE PAT O’SHANE, álbum cartonado da Arnaldo Mondadori Editore.

***A KEN PARKER Serie Oro (Parker Editore) apresenta toda a arte do Mestre. O mesmo faz a publicação tupiniquim do CLUQ.





João Guilherme

2 comentários:

Rafael disse...

é sem duvida mais um motivo pra completar toda a coleção da tapejara.

Wagner Augusto... Parabéns!!!

Rafael

JoguL disse...

Rafael,
espero que o Wagner leia seu comen-
tário.

Abraço,
João Guilherme.